You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.
Stefanini adquire TecCloud e passa a ofertar serviços em Datacenter

Stefanini adquire TecCloud e passa a ofertar serviços em Datacenter

Segundo a IDC, o segmento de Nuvem Pública no Brasil pode chegar a US$ 2,6 bilhões em 2019, crescendo 35%, anualmente, até atingir US$ 6,5 bilhões em 2022. O mercado brasileiro possui muito espaço para expandir, porque, apesar do aumento de uso da Nuvem Pública, o País está na 12ª posição no mundo.

De olho nesse mercado em expansão, a Stefanini, uma das mais importantes provedoras globais de soluções de negócios baseadas em tecnologia, anuncia a aquisição de 60% daTecCloud, braço do grupo Correa da Silva com foco em Datacenter, Infra-estrutura,Telecom e Serviços de Tecnologia. A conclusão da operação ainda está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica – CADE.

A nova empresa do Grupo Stefanini conta com três Datacenters localizados em Porto Alegre e Campo Bom, no Rio Grande do Sul. O espaço dedicado para o Processamento de Dados possui classificação nível TIER 3, que designa ambientes com total infraestrutura de climatização e rede, possibilitando a manutenção nos equipamentos sem que aconteça nenhuma interrupção no processo.

De acordo com Rogério Vinícius, diretor de TI da Stefanini, o objetivo da multinacional brasileira com a TecCloud é oferecer e entregar soluções que possam ser facilmente escaláveis com outras aplicações de seus clientes. “Nosso objetivo é entregar propostas com maior valor agregado e manter a infraestrutura como serviço, soluções de gerenciamento e integração com outras nuvens”, afirma o executivo.

Em meados de junho de 2018, a multinacional começou esse processo de atualização da infraestrutura e migrou para a hiperconvergência, levando o dobro de capacidade de processamento à sua base já existente. “No início pretendiamos apenas  implementar um refresh tecnológico, só que acabou abrindo espaço para um novo negócio, o serviço em cloud. Com essa iniciativa começamos a atuar ainda mais com soluções de serviço (SaaS) e, neste momento, estamos preparando uma oferta de nuvem que pretendemos anunciar para o mercado em breve”, finaliza Rogério Vinícius.

Top stories in your inbox!