A primeira coisa que o funcionário faz quando chega ao seu posto de trabalho é bater o ponto eletrônico ou assinar o livro de ponto. Mas, como ter segurança jurídica e controle de funcionários que trabalham distantes da sede, remotamente ou alocados?

Pensando em facilitar a rotina de grandes companhias, a Stefanini, uma das mais importantes provedoras globais de soluções de negócios baseadas em tecnologia, oferece a solução Ponto Certificado, serviço pioneiro, que substitui o uso do relógio de ponto físico por uma solução totalmente digital e certificada pelo ICP-Brasil, por meio da ACT BRy, que confere segurança jurídica às partes.

Com o uso da certificação padrão ICP-Brasil em todas as marcações, a Justiça do Trabalho e os funcionários têm garantia real de que a informação não foi alterada, atendendo, assim, a garantia de integridade exigida na Portaria 373/11. A mesma metodologia é adotada como modelo padrão por tribunais e demais órgãos do governo em seus próprios processos eletrônicos.

A empresa Rumo, maior operadora de ferrovias do Brasil, convidou a Stefanini para auxiliar no cadastro de maquinistas, que realizam suas marcações remotamente em todo o Brasil. Dessa forma, empregador e empregado têm acesso ao extrato dos registros automaticamente, obtendo ganhos de gestão. Com o aplicativo instalado no celular, é possível monitorar aleatoriamente o tipo da marcação que está sendo feita, a sequência de jornadas do maquinista e o horário do dia em que ele está realizando a marcação.

Segundo Alexandre Winetzki, diretor de P&D da Stefanini, o Ponto Certificado é um serviço pioneiro para registro de ponto eletrônico com certificação digital. Substitui o uso tradicional do relógio de ponto físico por uma solução virtual, que cumpre com os termos da Portaria 373/2011 do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), para registrar, carimbar digitalmente e armazenar as marcações do trabalhador em uma central de dados independente.

“É um sistema de ponto que amplia o acesso e a mobilidade operacional do trabalhador de forma neutra, segura e inviolável, permitindo ainda, a consulta, a extração ou a impressão de suas marcações, no local do trabalho ou remotamente. Este conjunto de itens proporciona até 100% de sucesso em reclamatórias e fiscalizações do trabalho, neutralizando o passivo e, consequentemente, reduzindo os custos de operação”, afirma.

A Rumo, juntamente com a Stefanini, trabalha em parceria para desenvolver novas funcionalidades e otimizar o processo de marcação de ponto, capaz de gerar valor para o RH da companhia, que, a partir destas informações, pode direcionar ações para melhorar a qualidade e o ambiente de trabalho.

Diversos clientes da multinacional brasileira utilizam a solução de Ponto Certificado em todo o Brasil, registrando mais de 2.780.000 marcações de ponto diferentes, no último ano. A expectativa é ampliar este volume em quatro vezes nos próximos 12 meses.