You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.
Stefanini é líder em dois quadrantes no Relatório de Transformação Digital da ISG Américas

Stefanini é líder em dois quadrantes no Relatório de Transformação Digital da ISG Américas

A automação de processos robóticos (RPA) e a inteligência artificial estão mudando a forma como as empresas de negócios digitais nas Américas estão fornecendo serviços para seus clientes corporativos, de acordo com um novo relatório publicado pela consultoria Information Services Group (ISG) (Nasdaq: III).

O Relatório de Transformação de Negócios Digitais ISG Provider Lens ™ para as Américas mostra que muitos fornecedores, como a Stefanini, contam com ofertas com um alto grau de automação, ao mesmo tempo em que oferecem serviços especializados, priorizando eficiência, agilidade, provisionamento e segurança, com base nas necessidades do cliente.

A multinacional brasileira, que no relatório Brasil foi apontada como líder em quatro setores - Habilitando a Jornada do Cliente, Operações Empresariais Digitais, Criação e Personalização de Produtos Digitais e Entrega Contínua Digital -, conquistou duas posições de destaque no relatório Américas: Criação e Personalização de Produtos Digitais e Entrega Contínua Digital – Aprimorando a Agilidade Corporativa.

Os dados dos dois relatórios da ISG reforçam como a Stefanini tem se preparado nos últimos anos para oferecer um portfólio completo, que auxilie os clientes nos processos de transformação digital. Nosso objetivo é compreender as necessidades do cliente, em qualquer área de atuação, para desenvolver soluções inovadoras, que façam sentido para a estratégia de negócios dele”, afirma Marco Stefanini, CEO Global da Stefanini.
Segundo o levantamento da ISG, muitos fornecedores estão desenvolvendo propriedade intelectual, incluindo ferramentas e ofertas como serviço, utilizando analytics, automação, inteligência artificial e computação cognitiva. Essa mudança afeta diretamente empresas que antes se mantinham competitivas apenas pela oferta de preços mais baixos.

“Em um mundo cada vez mais conectado, a estrategia digital agregando tecnologias como “smart factory”, segurança cibernética, IoT, soluções cognitivas e customer experience passou a ser mandatório não apenas para o crescimento, mas para a sobrevivência das empresas no mercado”, afirma Spencer Gracias, CEO da Stefanini para América do Norte e Ásia-Pacífico. “Nossa presenca global em 40 paises permite que possamos não apenas estar alinhados com as mais inovadoras tecnologias, mas principalmente aplicá-las de acordo com a necessidade especifica de cada cliente, em cada parte do mundo”, conlui Gracias.

A ideia é compartilhada também pelo CEO da Stefanini na América Latina, Marcelo Ciasca, que aponta as soluções digitais como um dos fatores que influenciaram no crescimento da Stefanini na região. “Em 2018, a empresa cresceu 25% em Latam, impulsionada por soluções robustas e pelo que temos de melhor: pessoas engajadas, criativas e que realmente investem na experiência do cliente.”

O crescente número de serviços automatizados aponta que o cliente está levando em conta muito mais do que as habilidades e os processos oferecidos, disse Rajib Datta, sócio da ISG Americas. "Agora, a avaliação dos fornecedores inclui que tipo de bots, IA, aprendizado de máquina e tecnologias cognitivas são fornecidos", destaca Datta. "As empresas de serviços estão se tornando provedores de negócios e não apenas de suporte técnico."

O relatório também observa o surgimento de ecossistemas de transformação digital, em que os principais fornecedores realizam parcerias para oferecer um pacote mais abrangente de serviços, o que acaba se tornando mais valioso do que as soluções separadamente. “A Stefanini vem se tornando cada vez mais competitiva com o seu ecossistema de inovação. A empresa acredita neste modelo colaborativo para continuar se destacando globalmente”, ressalta Breno Barros, diretor global de Inovação e Negócios Digitais da Stefanini.

O Relatório de Transformação de Negócios Digitais ISG Provider Lens™ para as Américas avalia as capacidades de 24 fornecedores de serviços em pelo menos três dos 17 países Pan-Americanos incluídos no relatório. As empresas são avaliadas em sete quadrantes: Habilitando a jornada do cliente, operações corporativas digitais, plataformas digitais transformadoras (PaaS), serviços digitais de transformação (XaaS), criação e personalização de produtos digitais, entrega contínuae Blockchain como serviço.

Uma versão personalizada do relatório está disponível no site da Stefanini.

Top stories in your inbox!