You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.
Transformação digital é a bola da vez para obter sucesso nos negócios

Transformação digital é a bola da vez para obter sucesso nos negócios

*Por José Luiz

Há tempos ouvimos os burburinhos sobre a tal transformação digital e a mudança que ela traria para o mercado brasileiro. De fato, ela chegou e dia após dia tem nos mostrado como se tornou imperativa para marcas que querem seguir progredindo ou até mesmo existindo. Mas, não foi assim de uma forma tão espontânea, nem com tempo para digerir tais mudanças. Foi mais como uma avalanche, que chegou dominando tudo e no meio de uma pandemia.

Enquanto estava apenas no planejamento anual do Diretor de marketing, a transformação digital era promissora. Mas, apesar dos inúmeros cases de sucesso, ainda era abstrata para grande parte dos empresários nacionais. A Indústria 4.0 e o e-commerce eram tratados como uma espécie de “lado b” do negócio. Tudo mudou quando em março desse ano o novo coronavírus chegou ao país. O que era uma epidemia que acontecia do outro lado do oceano, se tornou uma pandemia com graves consequências por aqui. Isolamento social, quarentena e home-office foram termos que entraram em nossa vida.

No mundo dos negócios os tais abstratos viraram protagonistas. Todo mundo, da noite para o dia, precisou entender que ou era por meio da transformação digital ou não era nada. O negócio iria morrer. E, infelizmente, muitos se perderam nessa nova jornada. Quem conseguiu inovar a tempo agora entende o potencial. Dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) mostram que desde o início da pandemia mais 130 mil lojas aderiram ao e-commerce, em ordem de continuar vendendo e mantendo-se no mercado.

Com um número tão expressivo, fica evidente como a transformação digital chegou de verdade no Brasil junto com o novo vírus. Ela veio para mudar a forma de consumo e isso não deve ser temporário. Uma vez introduzida a cultura do consumo online, é difícil e sem fundamento pivotar ao modo antigo. Basta olhar para países como os Estados Unidos, em que o comércio eletrônico é tão forte que criaram uma data comercial mais importante que o Natal, a Black Friday, e transportadoras locais viraram negócios multinacionais.

A parte mais importante de tudo isso é que as empresas brasileiras devem se espelhar em quem já domina esse campo, como a América do Norte, por exemplo, e enxerguem esse momento como um antes e depois, afinal, não vai existir a chance de voltar ao que era. A transformação digital batia na porta há anos e entrou pela janela junto com a pandemia. Para o vírus em breve teremos vacina, e para a transformação digital só existe mesmo compreender e mergulhar de cabeça, sabendo que ou você volta para a superfície ou morrerá afogado.

*José Luiz é Head de comunicação e parcerias na Driven.cx, maior grupo consultivo independente para corporações de grande porte e projetos de transformação digital autorais na nova economia.

Top stories in your inbox!