Você sabe o que é 'Ghosting'? Badoo traz dicas para evitar esse trauma

3 months ago

Por: Lucas Lima

 

Você está batendo um papo super legal com o crush, às vezes até já se encontraram pessoalmente várias vezes e, do nada, a pessoa some, não responde mais suas mensagens e desaparece como um fantasma. Esse é o ‘Ghosting’, um termo em inglês, derivado da palavra ‘Ghost’, que, em português, significa ‘Fantasma’.

No terceiro episódio da série ‘Conexões’ que vai ao ar toda terça-feira às 18h no canal do Badoo no YouTube, e em formato de podcast nas plataformas de streaming, as criadoras de conteúdo Alexandra Gurgel, Amanda Fitas e Isabella, conhecida como Feminisa discutiram o assunto e mostraram que o “fenômeno” é bastante comum.

Todo mundo, na realidade, já praticou o ‘Ghosting’ com alguém. Nem sempre com as piores intenções e, por vezes, involuntariamente. Mas, o Badoo, maior rede de relacionamento social do mundo, alerta que pode se tornar falta de responsabilidade emocional passar a evitar, deixar de atender ligações e responder mensagens sem apresentar um motivo aparente para esses ‘desaparecimentos’.

Por isso, o Badoo, criou uma lista com dicas para você identificar e evitar de se relacionar com pessoas que podem se tornar ‘fantasmas’ com você.

Ficar de olho nos indícios e em como a pessoa age

É essencial você perceber detalhes que as pessoas dão enquanto estão num date ou batendo papo pelo aplicativo. Na maioria das vezes, ali, a pessoa já dá sinais de que aquele possível relacionamento não irá adiante e cabe a você ter esse feeling para cair fora antes de uma decepção.

Pequenos sumiços constantes, respostas secas e atravessadas, pessoa sempre com pressa ou sem tempo para um encontro presencial e pequenas mentiras para não sair e se conhecer são sinais de que a pessoa não está tão afim e de que a qualquer momento pode sumir.

Você se sente confortável em conversar com essa pessoa?

Um outro sinal de que você está perto de ser vítima de ‘ghosting’ é o fato de se sentir desconfortável em conversar com a outra pessoa. Pensamentos como: “Será que devo mandar mensagem?”; “Puxo assunto ou espero ele(a) sentir saudades?”; “Será que ele(a) vai gostar se eu falar isso?” devem te deixar alerta.

Quando um relacionamento é recíproco, você não tem medo de conversar com a outra pessoa sobre qualquer tipo de assunto. De acordo com a influenciadora Feminisa, se você precisa de coragem para enviar uma simples mensagem, ou até mesmo chamar para sair, é sinal de que está correndo grande risco de ser vítima de uma decepção.

“Se é uma coisa recíproca, você simplesmente manda para a pessoa: ‘Nossa acabei de comer um hambúrguer com o formato de estrela e lembrei de você’ e nada muda na relação”, completa.

Quem quer, vai atrás

Exceto se a pessoa tiver algum trauma que a prenda, que a faça sentir que aquele não é o momento para uma relação, ela irá atrás de você. E você deve saber que não deve insistir para que alguma coisa aconteça com uma pessoa que não está disposta, isso pode ser até prejudicial para a sua saúde mental.

Agora, quando ambos estão na mesma vibe, não existirá medo de enviar uma mensagem ou certa resistência para ir a um encontro, por exemplo. A relação será leve, divertida e recíproca e os dois estarão dispostos em fazer acontecer. O ser humano é persistente por natureza e quando quer alguma coisa de verdade, ele vai atrás.

Se perguntar: “Qual é o meu valor? O que eu mereço?”

Quando você se conhece, não permite que qualquer pessoa ‘tenha poder sobre você’. E isso está também relacionado a saber o seu valor e o que você merece. A primeira regra para estar em um relacionamento, é o de estar bem consigo mesmo, para depois buscar uma companhia. E mendigar atenção é um dos maiores erros cometidos por quem está em busca de uma relação. Não coloque o mínimo na lista das coisas que você aceita.

E a outra pessoa que, muitas vezes só está atrás de alguém para se sentir poderosa, desaparece da sua vida, te deixando ainda mais machucado(a) e criando situações de ansiedade e diversos outros problemas de saúde mental para tratar. Quando ambos reconhecem o próprio valor, não há desgaste. É a certeza de estar começando um relacionamento emocionalmente estável e sem ghosting.

Não ir atrás do ‘fantasma’

Entenda, podem mentir para você e serem bem convincentes. E disso ninguém consegue fugir. Se a pessoa disse que te ama, que é o amor da vida dela e você se entregou e ela logo depois desapareceu, deixe para lá e desencana.

Se o crush sumiu, é porque não era pra ser, e está tudo bem, você se livrou de um problema.

Pense primeiro em você, se empodere

Faz parte do amor próprio pensar em você mesmo primeiro. E não faz sentido nessa lógica, você ir procurar uma pessoa que, claramente, não está se importando contigo e seu bem-estar emocional.

Não desista de amar

Porque hora ou outra você vai encontrar uma pessoa que não vai querer te magoar. O que você espera do outro, faça para si mesmo. Sai, pensa um pouco, faz um upgrade no seu perfil do Badoo, tire fotos maravilhosas, se sinta incrível porque isso por si só afasta pessoas mal intencionadas.

E não desista mesmo de amar e de encontrar, sair e bater papo com outra pessoa por conta de alguém que te machucou. Não veio dali, mas pode vir de outro lugar. Tenha abundância de amor próprio que isso irá, com certeza, refletir no outro.

Veja o vídeo completo no canal do YouTube do Badoo

Comments?