You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.
WDC Networks iniciará operações na Colômbia

WDC Networks iniciará operações na Colômbia

Reconhecida por sua liderança na distribuição de soluções e tecnologias de alto valor agregado no Brasil, a WDC Networks - cujo faturamento em 2018 ultrapassou a marca dos R$ 400 milhões -, anunciará o início de suas operações na Colômbia durante a Andina Link 2019. A feira, que acontecerá no Centro de Convenções de Cartagena entre os dias 26 e 28 de fevereiro, é há 25 anos o ponto de encontro para negociações e networking das indústrias de Telecomunicações e Tecnologias Convergentes de toda a América Latina.

De acordo com Vanderlei Rigatieri, CEO da WDC Networks, a decisão de estabelecer uma operação direta na Colômbia foi tomada devido ao crescimento dos negócios de banda-larga nos países latino americanos, pois o mesmo fenômeno vivido pelos ISP’s no Brasil de instalar redes de fibra ótica FTTH está acontecendo nesses países.

“Nós temos a experiência em atender mais de 1000 provedores regionais e conquistamos, junto com a Fiberhome e Nokia, um market-share de mais de 60% do mercado de FTTX. Pretendemos levar essa experiência para toda a América Latina, começando justamente pela Colômbia, que vive um momento econômico intenso e seguro para investimentos. O país precisa de bons distribuidores, e nós levaremos as soluções de ponta que oferecemos aqui no Brasil e, também, o nosso modelo de aquisição as a service, que por aqui já é uma realidade de mercado. Nossa previsão de crescimento em 2019, é de mais de 50%, e vamos contar em grande parte com as vendas na Colômbia”, afirma Rigatieri.

A escolha da Andina Link para o anúncio da internacionalização da empresa é estratégica, pois o evento costuma trazer em primeira mão todas as novidades do segmento na região - e os fabricantes, por sua vez, costumam apresentar nesta ocasião as novas tendências e os últimos avanços tecnológicos da indústria. “A Andina Link reúne os mais altos níveis da inteligência competitiva tecnológica, tomadores de decisão da esfera governamental e, é claro, as grandes empresas. Vamos aproveitar a ocasião para formalizar junto ao mercado latino-americano a nossa internacionalização. Vamos comercializar serviços na Colômbia através da operação local, e nos demais países via WDC USA, cujo escritório iniciou as operações em janeiro deste ano”, detalha.

O foco da WDC Networks durante a Andina Link 2019 será travar contato e conhecer os ISPs (provedores de internet regionais) colombianos e latino-americanos, um mercado que segue em franca expansão. “Levaremos para a feira as linhas de produtos que vendemos no Brasil e vamos identificar, in loco, quais são as que têm melhor aderência no mercado local. Focaremos em soluções de FTTx, WiFi , Networking, VoIP e Cyber Security”, detalha. Já está confirmada a venda das seguintes marcas: Fiberhome (cabos de fibra ótica) Easy4Link (acessórios de redes, como conectores, caixas, etc), Fujikura (máquinas de fusão), D-LINK (roteadores Wi-Fi), Grandstream (telefonia IP).

A delegação da WDC Networks que irá à Andina Link contará com as participações do CEO Vanderlei Rigatieri e de Ernesto Sita (gerente comercial da WDC Colômbia), Gustavo Momente (gerente de business intelligence) e Luciana Gomes (gerente de marketing. No dia 27/02, Vanderlei Rigatieri fará a apresentação “IOT – Internet das cosas en el papel estrategico dos ISP’s”, a partir das 9h, no Foro FICA 2019.

Top stories in your inbox!