Depois de meses de negociações, Lisboa venceu a concorrência, que contava com cidades como Madrid, Berlim, Valência, Londres e Paris.

Lisboa vai sediar o Web Summit até 2028. O acordo entre o Governo e o Web Summit prevê que o evento se manterá ha na capital portuguesa durante os próximos dez anos.

Para isso Portugal vai pagar ao Web Summit 11 milhões de euros/ano. O montante servirá de apoio à organização.

Nos primeiros três anos, o Governo investiu 1,3 milhões de euros por ano para garantir a realização do evento em Portugal. O impacto econômico anual do evento, estimado pelo Governo no ano passado, foi de 300 milhões de euros apenas em turismo e serviços associados.