You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.

XaaS: Está na hora de pensar em Tudo como Serviço

Por Sandra Maura, CEO da TOPMIND

Quando toda essa crise passar, qual lição levaremos? Em minha opinião, um dos aprendizados mais importantes que a pandemia do coronavírus nos deixará é a certeza de que tudo pode mudar rapidamente. De um dia para o outro, por exemplo, tivemos de redirecionar nossos objetivos, rever hábitos e alterar o modo como vivemos e nos relacionamos com os outros. Para as empresas, essa realidade de alteração constante também é verdadeira.

Companhias inteiras foram obrigadas a sair dos escritórios desde o início das medidas de distanciamento social provocadas pelo avanço do Covid-19. Elas interromperam suas rotinas e migraram estruturas enormes – e muitas vezes antigas e desatualizadas - para novos ambientes virtuais capazes de suportar melhor o trabalho remoto.

Mas poderia ser diferente? A pandemia é um exemplo extremo, mas a verdade é que as transições podem, sim, ser mais fáceis – pelo menos do ponto de vista da tecnologia. É justamente essa, aliás, a principal oportunidade trazida pelo conceito do “Tudo como Serviço”, ou XaaS (Everything as a Service, em inglês), que vem conquistando companhias pelo mundo afora.

Segundo levantamentos globais, até 2023, 80% das soluções adotadas pelas empresas serão contratadas no formato de serviços. Por quê? Basicamente, porque a utilização de TI como serviço abre a possibilidade de escalar ou flexibilizar os modelos de sustentação da área de tecnologia de acordo com as demandas e condições do negócio.

A aplicação do XaaS representa uma vantagem competitiva para as companhias de todos os portes, ao permitir que os líderes direcionem o investimento em ofertas realmente assertivas, com custo previsível, suporte sempre atualizado e menores custos. Isso vale para a contratação de infraestrutura, software e gestão, entre outros, garantindo mais velocidade para aprimorar e mudar a estratégia quando necessário.

Não há dúvidas, portanto, de que a agilidade proposta pelo modelo XaaS atende as demandas do novo normal corporativo trazido na esteira dos efeitos provocados pela disseminação do Covid-19. Assim como a Computação em Nuvem trouxe novas oportunidades para a expansão dos negócios com o SaaS (Software as a Service), agora chegou a vez de escalar essa proposta e usar a Cloud também para ampliar as ofertas de Infraestrutura (IaaS) e Plataforma (PaaS) como Serviço, e de outros caminhos menos conhecidos, incluindo Monitoramento como Serviço (MaaS), Comunicação como Serviço (CaaS), Recuperação de Desastres como Serviço (DRaaS) e muito mais.

Mais do que uma tendência de mercado, investir em soluções contratáveis e específicas significa uma opção para equacionar os planos de retomada dos negócios. Estudos demonstram que a área de Computação em Nuvem deverá ser uma das primeiras vertentes de tecnologia a superar a oscilação gerada pela pandemia, crescendo solidamente já a partir do ano que vem.

Estamos entrando em um período em que a prioridade da área de tecnologia não será mais oferecer produtos ou sistemas pré-concebidos, mas, sim, apresentar respostas completas aos desafios enfrentados pelas organizações.

O foco deve ser contar com as melhores e mais avançadas soluções para otimizar o dia a dia de fábricas, escritórios, laboratórios, hospitais, escolas etc. Para isso, além de buscar tecnologia de ponta, os líderes deveriam ter consultores que tornem, verdadeiramente, suas operações mais simples, produtivas e previsíveis.

O XaaS é uma oportunidade estratégica para as companhias, ao permitir o aumento da mobilidade e da disponibilidade dos negócios, bem como a redução de custos e complexidade dentro das operações – como a necessidade de renovar licenças, fazer manutenções e escalar aplicações. Do mesmo modo, esse conceito também representa um desafio cultural, de não ter mais as “coisas em casa”.

O XaaS representa a Transformação Digital em sua mais pura forma: feita para simplificar a vida das pessoas, e entregue como uma solução – e não como uma propriedade. Em um mundo que muda tão rápido, ninguém é dono da palavra final em TI. Ao contrário. As empresas devem procurar parceiros que as ajudem a utilizar a tecnologia para transformar seus objetivos em metas cumpridas. Estamos no início de uma nova jornada rumo à oferta de praticamente tudo como serviço e os líderes que realizarem os investimentos corretos hoje serão os vencedores do futuro.

Top stories in your inbox!