You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.

Álcool em gel pode danificar câmera do celular

A higienização de aparelhos eletrônicos usados no dia a dia (celular, tablets, teclados, controles etc) é uma das medidas indicadas para evitar a proliferação de vírus e bactérias. Com a pandemia do coronavírus, a atitude tem se tornado mais comum e extremamente necessária. "A limpeza ajuda a minimizar a contaminação, mas é fundamental que seja feita da forma correta para não prejudicar a vida útil do aparelho", afirma o professor de Química do Colégio Positivo - Joinville, Carlos Mumic.

Ele alerta principalmente para o uso de álcool gel nas câmeras dos smartphones. "A utilização do álcool gel pode danificar a câmera, fazendo com que as fotos fiquem cada vez mais foscas", explica. Quando o celular não tem película, que protege de possíveis choques, o aparelho pode ser limpo com pano levemente umedecido, recomenda. “Mas antes dessa limpeza, é necessário retirar os pequenos sólidos com pincéis de maquiagem limpos, em movimentos leves, para não riscar as câmeras”, orienta Mumic.

Para uma higienização adequada, o professor recomenda que o celular esteja desligado e, se possível, sem a bateria. A limpeza deve ser feita com um pano levemente umedecido com álcool 70% - de preferência panos que não soltam fios (flanelas). Nos cantos mais difíceis de acesso, Mumic orienta o uso de hastes flexíveis, levemente umedecidas com álcool 70% - evitando sempre a aproximação das câmeras.

De acordo com o professor, outro produto recomendado para a higienização desses aparelhos é o álcool isopropílico, encontrado em algumas redes de suportes eletrônicos e lojas de indústrias químicas. “É importante verificar se existe algum impedimento da utilização desses produtos (álcool 70% ou isopropílico) pelo fabricante, em função das garantias”, ressalta.

Segundo o professor, o álcool 70% não oxida as partes externas desses aparelhos, devido ao processo de evaporação rápida nesse tipo de superfície. "Mas os smartphones mais modernos, que já são resistentes à água, devem ser higienizados com água fria e detergente neutro", orienta. Entretanto, segundo ele, sem exageros no detergente. "Os movimentos durante a limpeza devem ser leves, principalmente nas telas desses aparelhos”, finaliza.

Sobre o Colégio Positivo

O Colégio Positivo compreende oito unidades na cidade de Curitiba, onde nasceu e desenvolveu o modelo de ensino levado a todo o país e ao exterior. O Colégio Positivo - Júnior, o Colégio Positivo - Jardim Ambiental, o Colégio Positivo -  Ângelo Sampaio, o Colégio Positivo - Hauer, o Colégio Positivo - Internacional, o Colégio Positivo - Água Verde, o Colégio Positivo - Boa Vista e o Colégio Positivo - Batel atendem alunos da Educação Infantil ao Ensino Médio, sempre combinando tecnologia aplicada à Educação, material didático atualizado e professores qualificados, com o compromisso de formar cidadãos conscientes e solidários. Em 2016, o grupo chegou em Santa Catarina - onde hoje fica o Colégio Positivo - Joinville e o Colégio Positivo - Joinville Jr. Em 2017, foi incorporado ao grupo o Colégio Positivo – Santa Maria, em Londrina (PR). Em 2018, o Positivo chegou a Ponta Grossa (PR), onde hoje está o Colégio Positivo - Master. Em 2019, somaram-se ao Grupo duas unidades da escola Passo Certo, em Cascavel (PR), e o Colégio Semeador, em Foz do Iguaçu (PR).

Top stories in your inbox!