You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.

Análise de dados vira protagonista na indústria de papel e celulose

O processo de Data Discovery da Valmet foi apresentado no 7º seminário de automação da ABTCP; fabricantes podem adotar o método em diferentes áreas de processos produtivos

O estudo "10 Enterprise Analytics Trends To Watch In 2020", publicado pela MicroStrategy, apontou as tendências de transformações digitais e Data Analytics para 2020. Um dos pontos aborda que diversificar as bases de referências deve ir muito além do olhar humano: grandes organizações dificilmente têm uma plataforma exclusiva e padronizada de Data e Analytics, e a tendência de variar fontes será cada vez mais comum.

A Valmet, líder no desenvolvimento de tecnologias, automação e serviços para fabricantes de papel, celulose e energia, mostrou que há tempos vem se preparando para a guinada da indústria com a big data. Durante o 7º seminário de automação da ABTCP, realizado nos dias 25 e 26 de junho, o vice-presidente de Internet Industrial da Valmet, Jari Almi, explicou como funciona o diálogo com os dados e como o processo de Data Discovery beneficia todo o setor.

"O Data Discovery combina dados de processo e de negócios de diferentes sistemas da fábrica; apresenta análises avançadas e o know-how da Valmet para encontrar potencial de melhoria a partir dos dados, criando novas e valiosas aplicações; permite rápida análise de dados e velocidade de solução de problemas através de conexões remotas; promove valor contínuo por meio da tomada de decisão embasada, conectado ao sistema de automação para operações e otimização mais inteligentes. Os fabricantes têm muito a ganhar ao analisar seus processos com informações sólidas", explica Jari.

No Data Discovery, cientistas de dados e engenheiros de processos trabalham em parceria com o cliente para encontrar a raiz de problemas que podem ocasionar em prejuízos na produção. Para o especialista em Internet Industrial na Valmet América do Sul, Tales Ribeiro, o diálogo entre todos os times envolvidos é essencial, principalmente no primeiro estágio do processo, onde fazem uma imersão no cliente e recolhem os dados. "É importante entender como funciona a estrutura de dados dos clientes e correlacionar isso com os fluxogramas de processo. O diálogo com os times de produção e manutenção da planta junto com a Valmet é fundamental para identificar os pontos críticos, que devem ser analisados para que as soluções estudadas estejam alinhadas com as necessidades dos clientes", afirma.

Durante o seminário, o gerente de Manutenção e Confiabilidade de Elétrica, Instrumentação e Automação da Suzano em Imperatriz (MA), Leandro Yamamoto, comentou sobre a importância da análise de dados para prever quebras em folhas de papel. "Percebemos a evolução dos nossos fornecedores quando investem na performance de seus produtos com a empatia de olhar para o detalhe das nossas operações. Estamos - junto com a Valmet - em um projeto ambicioso de transformar o Data Discovery em um produto que nos possibilite reduzir custos e ter previsibilidade de falhas e quebras. Quando fazemos a regressão dos nossos dados no Data Discovery, entendemos que, por exemplo, uma troca de feltro pode realmente impactar em toda a informação da nossa máquina de secagem", comenta Leandro.

Desenvolvimento para o futuro

O Data Discovery trabalha com duas abordagens possíveis. Uma delas, analisa problemas e os corrige; a outra, identifica possíveis áreas de melhoria. O processo é interativo e utiliza dados históricos da fábrica que são exportados e, em cooperação com especialistas, analisados. Os resultados fornecem uma visão detalhada e holística, e geram um conhecimento analítico, que se transformam em insights sobre operações e ativos. "As soluções aplicadas ajudarão a executar melhor os processos. O próximo passo é identificar outras áreas a serem aprimoradas, com aplicativos e algoritmos direcionados a essas áreas que já estão disponíveis ou podem ser desenvolvidos. Dessa maneira, é possível melhorar e otimizar diferentes áreas do processo de produção", finaliza Jari.

Sobre a Valmet

A Valmet é a principal desenvolvedora e fornecedora global de tecnologias de processo, automação e serviços para as indústrias de celulose, papel e energia. Sua atuação de tecnologia inclui fábricas de celulose, linhas de produção de papel, cartão e papel, além de usinas de energia para produção de bioenergia. Seus serviços e soluções de automação melhoram a confiabilidade, o desempenho dos processos, e aprimoram a utilização de matérias-primas e energia.

As vendas líquidas da Valmet em 2019 foram de aproximadamente 3,5 bilhões de euros. A empresa possui mais de 13.000 profissionais em todo o mundo, com sede em Espoo, Finlândia e suas ações estão listadas na Nasdaq Helsinki. Na América do Sul, possui unidades em Araucária-PR, Sorocaba-SP, Belo Horizonte-MG, Imperatriz (MA) e Concepción, no Chile. www.valmet.com.br

Top stories in your inbox!