You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.
Como a Berneck conseguiu 270% de Retorno de Investimento em processos?

Como a Berneck conseguiu 270% de Retorno de Investimento em processos?

Com o software de automação de processos da Pipefy, exportadora brasileira de madeira economizou dez mil horas de trabalho por trimestre

A Pipefy, principal plataforma de gestão baseada na metodologia Lean, capaz de auxiliar qualquer pessoa a ter total controle do seu trabalho, em áreas como Marketing, Finanças, Recursos Humanos, Atendimento ao Cliente e Vendas, acumula mais um case de sucesso entre seus clientes. A exportadora brasileira de madeira Berneck conseguiu reduzir o prazo de entrega de seus produtos na exportação em 31%, economizar dez mil horas de trabalho por trimestre e, ainda, obter 270% de ROI (Return on Investment – Retorno sobre Investimento) utilizando a ferramenta.

Após a expansão de suas operações, a empresa do setor madeireiro percebeu que o método tradicional e manual já não era suficiente para estimar com precisão o lead time (tempo total do processo de venda), acompanhar prazos de documentos e organizar o fluxo de informações. Frequentemente, a Berneck precisava pagar altas taxas pelo descumprimento de prazos ao enviar produtos para países como a China, por exemplo, sua maior compradora.

Após três meses utilizando a plataforma da Pipefy, a empresa notou uma economia operacional significativa por meio da automatização de processos, além de estimar a redução do pagamento de taxas extras, apenas pela prevenção e controle de possíveis atrasos. Com a plataforma de SaaS (Software as a Service – ou Software como Serviço), é possível otimizar processos e criar e rodar fluxos totalmente customizáveis de maneira rápida, eficaz e assertiva, sem depender da TI.

A plataforma de excelência operacional possui uma interface intuitiva e fácil de usar, além de modelos de processos específicos para diferentes departamentos. Na área de documentação de exportação, por exemplo, a Berneck automatizou 46% de suas atividades, permitindo que o time de Karine Correa, supervisora de Comércio Exterior, não tivesse que escrever cerca de 600 e-mails repetidos mensalmente.

Essa automação resultou em transferências mais fáceis de equipe para equipe e em atualizações oportunas de status do cliente. “Eu deixo a Pipefy aberta na minha tela de computador o dia inteiro, assim consigo ver se temos um novo pedido, se há uma aprovação de venda pendente, ou se algum cliente está esperando por alguma confirmação”, conta Karine.

A Pipefy foi fundada em 2014 e hoje atende clientes em 150 países, além de ter sedes em Curitiba, Austin (EUA) e São Francisco (Vale do Silício), maior polo de inovação do mundo e berço das maiores empresas da atualidade.

“Nossa missão é permitir que cada dirigente crie seus próprios fluxos de trabalho customizados, sem a necessidade de possuir conhecimento técnico em programação. Ao possibilitar o gerenciamento eficaz de processos, nossos clientes podem reagir a um ambiente de mudanças constantes e rápidas, garantindo uma execução de alta qualidade e possibilitando uma taxa de crescimento de 10% ao mês”, destaca Alessio Alionço, fundador e CEO da Pipefy.

Sobre a Pipefy

A Pipefy é a principal plataforma de gestão baseada na metodologia Lean, capaz de auxiliar qualquer pessoa a ter total controle do seu trabalho, em áreas como Marketing, Finanças, Recursos Humanos, Atendimento ao Cliente e Vendas. A ferramenta oferece os benefícios comprovados do gerenciamento Lean, incluindo maior agilidade, eficiência aprimorada e resultados de alta qualidade.

Em 2018, a startup levantou US$ 16 milhões em sua rodada de investimentos Série A, encabeçada pela OpenView Partners, firma de venture capital focada em empresas em fase de expansão, além da Trinity Ventures. A Redpoint Ventures e a Valor Capital, que já haviam investido na plataforma, também participaram da rodada. Outros investidores da companhia são a 500 Startups, o Founders Fund (do fundador do Paypal, Peter Thiel) e os fundadores da Zendesk, Morten Primdahl e Alexander Aghassipour. Os fundos estão sendo utilizados para escalar as operações da empresa à medida que a Pipefy expande suas equipes tanto em São Francisco como no Brasil.

Top stories in your inbox!