Como o comércio está lidando com a quarentena?

13 days ago

Por: Verônica Pacheco

 

Por conta do decreto da prefeitura de Curitiba em virtude da situação de quarentena no Brasil e no mundo, muitos estabelecimentos estão fechados, mas restaurantes estão autorizados a ficar abertos desde que com horários mais curtos e alto cuidado com a higiene.

“Nós estamos fazendo o máximo possível para que essa situação acabe rapidamente, então, passamos a entregar apenas delivery e encomendas dos clientes, afinal, é preciso se adaptar sem parar de trabalhar”, conta Luciana Ishibashi, proprietária da Bença Vó – Casa de bolos, junto com seu marido, Álvaro Ishibashi.

A Bença Vó conta com bolos dos mais diferentes sabores, tortas, pães e alguns salgados, além de bebidas quentes e geladas. Todos os pratos são focados na modalidade de comida afetiva.

Muitos empreendedores estão tendo que buscar novos recursos e formas de trabalho para não estagnar nesse momento de crise. Para Luciana, essa atitude foi uma resposta. Ainda, para atrair clientes, uma entrega por entrega não tem custo para quem vive próximo.

A pandemia não está afetando apenas os negócios locais, mas a sociedade em geral. Tanto os fornecedores quanto os consumidores estão aprendendo a se comportar de maneiras diferentes e estimadas, após uma quarentena, a maioria dos consumidores de mantenham e uma nova forma de estar em contato com o comércio.

“Queremos nos adiantar para suprir todo o tipo de cliente, sejam adaptados ou tradicionais, fiéis ou novos. Esse atendimento é tão acolhedor quanto um abraço ”, finaliza Luciana.

Bença Vó

Luciana Costa Ishibashi

Álvaro Issao Ishibashi

contato@bencavo.com.br

Comments?