You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.

O extraordinário livro que você ainda não leu!

Antonio Artequilino*

Vivemos em tempos difíceis e sabemos que após a superação da pandemia não seremos mais os mesmos. A Covid-19 ceifa vidas, impõe sofrimento e promove incertezas, mas não pode barrar o anseio humano pela liberdade. Somos livres para questionar a lógica de um sistema que prioriza o lucro em detrimento da dignidade das pessoas e devemos reivindicar a emancipação dos nossos anseios mais caros, incluindo a busca da reflexão crítica, da autonomia e do aprendizado.

Não raras vezes, para aprender temos que desaprender por meio de um processo dialético repleto de descobertas e redescobertas. Os questionamentos decorrem da atitude investigativa que consiste em desvelar continuamente o que está encoberto pelo desconhecimento. É justamente aí que devem ser incorporadas no nosso cotidiano as boas práticas de leitura. O leitor atento se investe da curiosidade para tentar explorar todas as formas de compreensão do universo cultural humano.

Somos permanentemente convidados a fazer leituras vibrantes, sedutoras, emocionantes, consistentes, edificantes, profícuas e arrebatadoras. No decorrer da leitura, o leitor estabelece um diálogo com o autor e sua obra. E onde fica a emoção? Fica na viagem sem volta rumo ao descobrimento da imaginação, da ficção, dos fatos verídicos, das ideias e do conhecimento.

Acredite, para encontrar o livro extraordinário que você ainda não leu é necessário seguir o conselho do grande escritor Ariano Suassuna: “a leitura deve deixar de ser apenas um hábito para se transformar numa paixão”. Não importa se lemos um livro didático ou uma obra literária, o extraordinário advém do entusiasmo com o qual realizamos a leitura. Portanto, a leitura magnífica, memorável, esplêndida e extraordinariamente impactante é aquela que realizamos como se fôssemos degustar uma iguaria, ouvir uma bela canção ou abraçar com saudade um ente querido.

Certamente, a leitura de bons livros pode ir muito além do entretenimento e da tentativa de compreender o pensamento dos autores na medida em que nos permite reaprender valores essenciais como a tolerância, a solidariedade, a humildade e a ousadia de transformar a realidade. Podemos nos inspirar na visão de Franz Kafka, para quem "um livro deve ser o machado que quebra o mar gelado em nós". Enfim, a leitura de livros extraordinários nos ajuda a repensar o nosso próprio comportamento, podendo aproximar propósitos de vida e preceitos do bem comum.

O que está esperando? Corra, procure e encontre o extraordinário livro que você ainda não leu!

* Antonio Artequilino é escritor, poeta, licenciado e bacharel em História, Mestre em Educação, Doutor em Linguística Aplicada e consultor educacional da Conquista Soluções Didáticas.

Top stories in your inbox!