You've successfully subscribed to Polinize
Great! Next, complete checkout for full access to Polinize
Welcome back! You've successfully signed in
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.

Startup entrega experiência humanizada por meio da inteligência artificial aplicada em voz

A Loud Voice Services ajuda empresas a serem mais produtivas e reduzirem em até 70% os custos com canais de atendimento

É inegável que a Inteligência Artificial (IA) terá um impacto profundo na sociedade e na maneira como as corporações operam seus negócios. Destacando-se como uma das tecnologias mais transformadoras da Era Digital, a tecnologia, ao contrário do que se imagina, tem ajudado a melhorar, cada vez mais, a experiência entre empresas e cliente, além de tornar os processos muito mais efetivos.

A inteligência artificial se mostra necessária para acabar com as horas intermináveis de trabalho repetitivo e trazer mais produtividade. O volume de aplicações dessa tecnologia em empresas de diversos setores tem crescido rápido e exponencialmente, influenciando o modo como as organizações conduzem seus negócios, investimentos e estratégias.

A   Loud Voice Services, startup referência que trabalha com a humanização de robôs, é um exemplo. Cada vez mais a empresa tem implantado suas soluções  em grandes corporações e isso está revolucionando a experiência dos clientes. Atenta às potencialidades da tecnologia e como ela poderia melhorar o atendimento das empresas, a startup aplica a inteligência artificial em voz e prepara os devices para atender qualquer demanda.

“Na prática, não fica aquela ligação ‘aperte 1 para x’ ou ‘aperte 2 para y’. Com nossa solução, é possível, em uma única experiência, plugar um STT Google, o TTS Amazon e a base de conhecimento da IBM Watson, por exemplo, e isso faz com que toda a experiência seja pensada para ter o melhor desempenho e que seja personalizada conforme a necessidade de cada cliente”, explica Felipe Almeida, fundado e CEO da Loud Voice Services.

O empreendedor explica que, com a intervenção da inteligência artificial, os colaboradores estão trabalhando mais suas competências humanas e deixando para os robôs as atividades repetitivas. “Os devices não estão aqui para tomar o lugar do humano, mas sim para otimizar alguns processos morosos e fazer com que essas pessoas pensem com mais estratégia”, pontua.

Hoje, a startup consegue reduzir em até 70% os custos com os canais de atendimento das empresas, fazendo com que elas se tornem mais produtivas. Em menos de um ano no mercado, a Loud Voice Services já atendeu empresas como a Oracle, para o programa Global Scale Up, e realizou uma parceria de negócios com a Amazon Web Services, focada na assistente virtual Alexa.

Top stories in your inbox!